Compre_aqui
especial-gambiarra-nacional_260_150

Últimas Notícias

FORTUNA

Outubro 24, 2016 0 Comentarios BLOG DICAS TEATRAIS por Gambiarra

Eloísa Vitz, vencedora do prêmio de melhor texto do Portal R7, estreia com Grupo Gattu.

Fortuna

SUBSOLO

Outubro 24, 2016 0 Comentarios BLOG DICAS TEATRAIS por Gambiarra

14370419_10210755177498542_4556007014959216172_n

Em SUBSOLO a história de alguém que se foi é revelada. A partir de sugestões levantadas pelo público, um médico legista divaga sobre as relações entre os personagens explicitando como cada escolha e encontro podem traçar rumos diferentes. Improvisação de formato longo, cada sessão um espetáculo distinto.

3 FORMAS DE AMAR

Outubro 17, 2016 0 Comentarios BLOG DICAS TEATRAIS por Gambiarra

“3 FORMAS DE AMAR”, FILME CULT DOS ANOS 90, INSPIRA ESPETÁCULO TEATRAL. 

A PEQUENA SEREIA, O MUSICAL

Outubro 10, 2016 0 Comentarios BLOG DICAS TEATRAIS por Gambiarra

A Pequena Sereia – O Musical

Dramaturgia assinada pelo paulistano Rafael de Castro e inspirada livremente no conto de Hans Christian Andersen, tem direção geral de Mário Goes e conta com 10 canções executadas por músicos ao vivo que vão de piano à violão cello, permeando por outros instrumentos de sopro e cordas que ilustram e dão ainda mais brilho a essa aventura. A produção executiva de Lucia Lazzarini atrelada a produtora Onix Elenco é cuidadosa na escolha de todos os profissionais envolvidos para a execução de um bélissimo espetáculo no fundo mar.

NOVE EM PONTO

Outubro 07, 2016 0 Comentarios BLOG DICAS TEATRAIS por Gambiarra

NOVE EM PONTO

gruli

O MISANTROPO

Outubro 07, 2016 0 Comentarios BLOG DICAS TEATRAIS por Gambiarra

O Misantropo”: um Molière inédito para Marcio Aurelio

EDU_REYES

O elenco de “O Misantropo”: comédia de Molière dirigida por Marcio Aurelio (Foto: Laercio Luz)

ENTRE ALICE

Outubro 02, 2016 0 Comentarios BLOG DICAS TEATRAIS por Gambiarra

O espetáculo “Entre Alice” surgiu a partir de um processo de criação coletiva.

cartaz-alice-sem-escrita-max2

ESPECTADOR CONDENADO À MORTE

Setembro 18, 2016 0 Comentarios BLOG DICAS TEATRAIS por Gambiarra

Texto de Matéi Visniec que coloca espectador tem terceira temporada no Teatro do Pequeno Ato 

2

A TEMPESTADE

Setembro 18, 2016 0 Comentarios BLOG DICAS TEATRAIS por Gambiarra

1

Release do espetáculo:

ESPERANDO GODOT

Setembro 14, 2016 0 Comentarios BLOG DICAS TEATRAIS por Gambiarra

Esperando Godot de Samuel Becket ganha versão dirigida por Elias Andreato

GODOT 

No papel de Estragon, Elias entra em mais uma parceria artística com Claudio Fontana, que faz o papel de Vladimir. Completam o elenco, Clóvys Torres, Raphael Gama, e Guilherme Bueno. A peça patrocinada pelo Banco Bradesco estreia dia 9 de setembro no Teatro Tucarena.


O dramaturgo e escritor irlandês Samuel Becket (Dublin13 de abril de 1906 - Paris22 de dezembro de 1989), vencedor do prêmio Nobel de Literatura, voltou-se para questões filosóficas sobre a condição humana, onde o tempo não existe senão como uma eternidade imóvel e morta e que tem como meio de expressão a decrepitude física dos corpos, a preocupação de Beckett não reside em mostrar o absurdo da existência a partir da vida social, mas sim através do choque do homem consigo mesmo, percebendo em seu íntimo a perplexidade desse encontro.

Em “Esperando Godot”, ecrita no pós-guerra (1943-1953) ele explora uma situação estática, o lugar é deserto, somente uma árvore ao centro. Dois velhos vagabundos, Vladimir e Estragon estão esperando Godot. Nada acontece e a atmosfera de vacuidade e monotonia não é alterada senão pela passagem de Pozzo e Lucky (respectivamente senhor e escravo) que, ao saírem fazem retornar o vazio. Para preencher o tempo, para enganar o tédio dos dias vazios e iguais, Vladimir e Estragon falam um com o outro mesmo sem ter o que dizer, travam brigas inúteis e refazem as mesmas perguntas, para assim preencherem o vazio da existência e para se darem ao menos, a impressão de existirem.

Elias Andreato nunca pensou em montar Godot, já chegou a usar trechos em alguns espetáculos, mas levantar a peça na íntegra não tinha sido um projeto seu ainda. “Acho que por ignorância, eu achava que não tinha a ver comigo, a peça toda eu achava que não tinha cacife para fazer, mas no camarim de “Réquiém Para Antônio”, peça de Dib carneiro Neto, dirigida pelo Gabriel Villela, também em cartaz no Tucarena em 2014, eu perguntei para o Claudio Fontana, meu parceiro em cena, se ele tinha o desejo de montar algum texto e ele disse que queria montar Godot, então eu disse que daria essa montagem de presente para ele, pelo seu talento, generosidade, pelo seu amor ao teatro e pela forma como ele valoriza os talentos dos outros.”, conta o ator e diretor.

Um ano depois dessa conversa de camarim, quando Elias estava debruçado nessa obra de Becket com olhar de diretor, estudando para encená-lo, Claudio Fontana o chamou para fazer esta montagem produzida e idealizada pela atriz e produtora Daise Amaral. “Produzir um texto como " Esperando Godot", na velocidade do mundo hoje,   onde a ESPERA é a protagonista é um grande desafio.”, comenta Daise.

Claudio e Elias já tem uma rica trajetória artísTica juntos, “Minha parceria com Elias Andreato nasceu da profunda admiração de um ator pelo trabalho de outro e cresceu pelo meu respeito ao respeito dele pelo teatro. Elias sabe o que é o ofício de ser ator. E como diretor empresta a sensibilidade do ator e intuitivamente cria cenas belas e poéticas. Minha parceria com ele nasceu da direção de "Adivinhe Quem Vem Para Rezar", espetáculo com Paulo Autran, passou por "Andaime", onde ele dirigiu e atuou, "Mãe é Karma", texto de Elias que produzi, "Amigas Pero No Mucho", "Édipo Rei" e finalmente "Um Réquiem Para Antonio". Foi nos camarins "Réquiem" que "encontramos Godot", comenta Fontana.