DIAS PERFEITOS
Compre_aqui
especial-gambiarra-nacional_260_150

Últimas Notícias

DIAS PERFEITOS

Setembro 12, 2017 0 Comentarios BLOG GAMBIBLOG por Gambiarra

DiasPerfeitos-avatar

O espetáculo Dias Perfeitos, após uma temporada no Rio de Janeiro e São Paulo volta no dia 17 de setembro para uma nova temporada, na capital paulista no Espaço Parlapatões.

A peça é uma adaptação do livro de mesmo do autor Raphael Montes, feita pelo diretor Cesar Baptista. Nesse suspense, Téo, um jovem e solitário estudante de medicina que divide seu tempo entre cuidar da mãe paraplégica e dissecar cadáveres nas aulas de anatomia, conhece Clarice, uma jovem de espírito livre que sonha tornar-se roteirista de cinema.

Téo fica viciado em Clarice: quer desvendar aquela menina diferente de todas que conheceu. Começa, então, a se aproximar de forma insistente. Diante das seguidas negativas, opta por uma atitude extrema. Passando por cenários oníricos, que incluem um chalé em Teresópolis e uma praia deserta em Ilha Grande, o casal estabelece uma rotina insólita, repleta de tortura psicológica e sordidez.

 

Dias Perfeitos tem clima sombrio e claustrofóbico, personagens em tensão permanente e diálogos afiados. Angustiante e repleto de reviravoltas, a montagem é uma história de amor obsessivo e paranoico.

Esse é o segundo espetáculo da parceria Raphael Montes e Cesar Baptista (ganhador do Prêmio Arte Qualidade Brasil de direção por Roleta Russa, livro também da obra Raphael) e tem no elenco Hélio Souto Jr., Dani Brescianini, Arno Afonso, Leonardo Vasconcelos.

SINOPSE - Téo é um pacato estudante de medicina que conhece Clarice por quem se apaixona de forma doentia, levando-o a tomar uma atitude extrema durante uma viagem. 


PARA SABER MAIS

FICHA TÉCNICA:

Texto: Raphael Montes

Direção e adaptação: César Baptista

Elenco: Dani Brescianini, Helio Souto Jr. Arno Afonso, Leonardo Vasconcelos

Assistentes de Direção: Diogo Pasquim e Leonardo Vasconcelos

Iluminação: Edson FM

Cenário e Figurino: Igor Alexandre Martins

Trilha Sonora: César Baptista

Assessoria de imprensa: Fabio Camara

SERVIÇO:

LOCAL: ESPAÇO PARLAPATÕES – Praça Franklin Roosevelt, 158 – Centro. 98 lugares.

DATA: 17/09 até 29/10 (Domingo 20h)

INFORMAÇÕES: (11) 3258-4449

INGRESSOS: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia)

DURAÇÃO: 100 minutos

CLASSIFICAÇÃO: 16 anos


CÉSAR BAPTISTA (DIRETOR E ADAPTADOR):

Começou no teatro, em 1987, em Santo André, no Núcleo de Artes Cênicas do SESI, sob orientação de Luiz Antonio Brock, com quem manteve a Companhia Madrágora de Artes Cênicas por 13 anos. Em 2002 graduou-se em Letras, pelo Centro Universitário Fundação Santo André. Integrou o CPT (Centro de Pesquisa Teatral do SESC), de Antunes Filho, de 2002 a 2008 onde foi Assistente de Direção e Ator em diversas peças. De 2003 a 2008 foi Coordenador do Círculo de Dramaturgia do CPT e Professor de Retórica, Dramaturgia e Interpretação do curso de Introdução ao Método de Ator do CPT. Foi Assistente de Direção Geral de Jorge Takla, no musical “Jesus Cristo Superstar” (2014), com Igor Rickli, Alírio Netto e Negra Li. Foi também Assistente de Direção de Gabriel Villela, por quatro anos, nos espetáculos “Macbeth” (2012) de William Shakespeare, com Marcello Antony e Claudio Fontana, “Hécuba” (2011 a 2012) de Eurípedes, com Walderez de Barros, “Crônica da Casa Assassinada” (2011) de Dib Carneiro Neto, com Xuxa Lopes, “Vestido de Noiva” (2009) de Nelson Rodrigues, com Marcello Antony, Leandra Leal e Vera Zimmermann, e “Calígula” (2008 a 2010) de Albert Camus, com Thiago Lacerda, peça em que também trabalhou como Ator. Desde 2013, trabalha como Assistente na Coordenação do Núcleo de Dramaturgia do SESI-British Council e como Formador Convidado na área de dramaturgia na SP Escola de Teatro. Foi Professor de Interpretação, em 2012 e 2013, no Studio Fátima Toledo. É Autor e Diretor dos espetáculos “LOBATO ou o Labirinto dos Sonhos” peça infantil em turnê pela rede SESC desde 2011, e “Folia de Belém” (2013). Dirigiu também o espetáculo “Plínio contra as Estrelas” (2012 a 2014), de Paulo Santoro, indicado ao Prêmio CPT 2012 de dramaturgia da Cooperativa Paulista de Teatro.

HELIO SOUTO (ATOR E PRODUTOR):

Formado no curso profissionalizante pelo Teatro Escola Célia Helena e no curso de Bacharelado pela Faculdade CAL de Artes Cênicas, também cursou na NATIONAL INSTITUTE OF DRAMATIC ART em Sidney na Austrália e aqui no Brasil atuou nos espetáculos: “Distrações” criação coletiva baseado nos contos de Gregório Basic, dirigido por Ruy Cortez no TBC Teatro Brasileiro de Comedia em 2006, “Tristão e Isolda” por Vladmir Capela no SESI Paulista 2007, “O Beijo na Terra” de Marcus Vinicius de Arruda Camargo no Teatro Augusta 2008, “Charlie...” Auto biografia de Charlie Chaplin por Vicente Sarubala no Teatro Arthur de Azevedo em 2008, “Doroteia” de Nelson Rodrigues, dirigido por Eloisa Vitiz pelo Grupo Gattu no Teatro Gil Vicente em 2009, “As Borboletas da Alma” de Julio Caézar Ribeiro dirigido por Messias Carvalho no Teatro Coletivo Fabrica e Studio 184 em 2009, “Calígula” de Albert Camus adaptação Dib Carneiro com direção de Gabriel Villela, esse espetáculo viajou por 13 capitais do Brasil e fez temporada no Teatro do SESC Ginástico no Rio de Janeiro e no Teatro Vivo em São Paulo no ano de 2010, “Crônica da Casa Assassinada” de Lucio Cardoso adaptação Dib Carneiro, com direção de Gabriel Villela no Teatro Maison de France- Rio de Janeiro e SESC Vl. Mariana em São Paulo no ano de 2011 com 4 indicações ao prêmio Shell RJ, "Paraiso Agora Ou Prata Palomares" texto Zé Celso Martinez Correa com a Cia Guerreiro no Galpão das Artes do Teatro Tom Jobim no Rio de Janeiro em 2013.