CINDERELA
Compre_aqui
Comemore
Galeria
Comemore
Casar

instagram face2 youtube

CINDERELA

Agosto 29, 2016 0 Comentarios BLOG DICAS TEATRAIS por Gambiarra

Infantil - Grátis

Eloisa Vitz, indicada ao Prêmio FEMSA de  melhor adaptação para teatro infantil,  estreia novo espetáculo  com o  Grupo Gattu, transformando a clássica personagem em princesa negra.

CINDERELA

Foto1_Cindis

Dia 3 de setembro, 16h, no Teatro do Sol.

O Grupo Gattu estreia o espetáculo infantil CINDERELA no dia 3 de setembro, com sessões sábados e domingos, às 16h, no Teatro do Sol, em Santana. As apresentações são gratuitas.

 Diferente da personagem de um dos contos mais conhecidos em todo o mundo, escrito pelo francês Charles Perrault, em 1697,   nesta adaptação do Grupo Gattu,  vemos uma Cinderela negra.  “Nossa intenção com esta montagem é mostrar a importância da convivência com as diferenças e a diversidade humana, sempre de forma leve e bem humorada”, fala  Eloísa Vitz, que assina a adaptação e a direção do espetáculo.

 Vitz foi indicada ao Prêmio FEMSA – Coca Cola de melhor adaptação para teatro infantil com a peça Rapunzel, em 2012,  e ao Prêmio Melhores do Teatro do Portal R7 , de Melhor Texto,  com o espetáculo Reino, em 2014.

A peça conta a história de Cinderela, uma adorável menina que vive ocupada com os afazeres domésticos impostos por Drasta, sua madrasta e Gigica e Leleca, suas mimadas irmãs.

 O príncipe Eugênio, um jovem cientista que vive várias aventuras na floresta com seu jegue Alfredo, convidou todas as moças do reino para o Baile Bom, mas Cinderela foi proibida de ir. Mas ela terá a ajuda do seu amigo, o macaco Bento e das suas atrapalhadas fadas madrinhas Herminda e Florinda para tentar chegar ao baile.

 A força de uma amizade poderá mudar o destino de Cinderela? Será que o amor de Cinderela pelo príncipe Eugenio irá prevalecer? Com o Grupo Gattu, esta história de amor e amizade é contada com muita diversão, alegria, aventura e encantamento.

 “Trouxemos também para esta montagem elementos da cultura brasileira. A casa da nossa princesa fica na floresta e seu melhor amigo é um macaco que ama rap e hip hop”, destaca Eloisa.

Foto_4_Cindis

 Sinopse

Adaptado do clássico infantil, a montagem do Grupo Gattu traz pela primeira vez no Brasil uma Cinderela negra. Ocupada em satisfazer os caprichos de sua madrasta e suas irmãs mimadas, Cinderela é proibida de ir ao baile do Príncipe Eugênio.  Mas vai contar com a ajuda do seu amigo Bento, um macaco que ama rap e hip hop, e as suas atrapalhadas fadas madrinhas.

 CINDERELA

Texto e Direção: Eloisa Vitz

Assistente de Direção: Miriam Jardim

Elenco: Miriam Jardim, Laura Vidotto, Daniel Gonzales, Mariana Fidelis, Lilian Peres, Rodrigo Vicenzo, Jailton Nunes

Estreia: 03 de setembro de 2016

Temporada 2016: de 03 de setembro a 27 de novembro de 2016

Recomendação: livre

Duração: 50 minutos

Capacidade: 60 lugares

Fotos: Renato Rebizzi

Grátis.

Bilheteria para retirada dos ingressos abre uma hora antes do espetáculo.

Local: Teatro do Sol

Rua Damiana da Cunha, 413- Santana.

Telefone: 11. 3791.2023

Realização: Gatu Produções Artísticas 

 Sobre o Grupo

O Grupo Gattu trabalha há 16 anos na cidade de São Paulo trazendo ao público a excelência artística pautada na pesquisa cênica. Ao longo deste tempo, dezenas de espetáculos foram montados.

 O humor, a presença do essencial, os efeitos surpresa, o dinamismo, a sensualidade, a inovação criativa e o rigor estético, estão sempre presentes em suas encenações. O Grupo Gattu tem como meta a formação de plateia e acessibilidade, e a democratização da cultura e da arte, através de espetáculos que dialogam diretamente com seu público.

Leia mais: http://www.gattu.com.br/

Sobre Eloisa Vitz

Eloisa Vitz é diretora e atriz do Grupo Gattu há 16 anos. Cursou a EAD – Escola de Artes Dramáticas da USP. É Bacharel em Direito e Letras e Pós- Graduada em História da Arte.

 Como atriz, destacou-se no grupo TAPA com os seguintes espetáculos: “As Viúvas”, de Artur Azevedo, sob direção de Sandra Corvelone; “Contos de Sedução”, de Guy de Moupassant; “A Importância de Ser Fiel”, de Oscar Wilde, e “Camaradagem”, de Stringberg (premiado como melhor espetáculo pela APCA 2007, pela Associação Paulista dos Críticos de Arte), todas sob direção de Eduardo Tolentino.

 Artista feminina que mais montou e dirigiu Nelson Rodrigues no País, à frente do Grupo Gattu realizou os seguintes espetáculos: “Auto da Barca do Inferno”, de Gil Vicente (2008), “Viúva porém Honesta”, de Nelson Rodrigues (2008/ 2009/2011), “Dorotéia”, de Nelson Rodrigues (2008/2009/2010/2011),“Boca de Ouro” de Nelson Rodrigues (2010/2011/2012); “Serpente” de Nelson Rodrigues (2011/2012). São de sua autoria os textos das peças  “Rapunzel”, (2012/2013/2014), “Frisante” (2013),  “Reino” (2014),  “Reino 2”, (2015), e “Amor”, (2015).

 Com o texto da peça Reino venceu o Prêmio Melhores do Teatro do Portal R7.