O ENTERRO DE LADY GAGA
Compre_aqui
Comemore
Galeria
Comemore
Casar

instagram face2 youtube

O ENTERRO DE LADY GAGA

Junho 05, 2015 0 Comentarios BLOG DICAS TEATRAIS por Gambiarra
11206767_411938668977897_6699398418711684870_o

Cia 2SS/SEGUNDO SUBSOLO, APRESENTA:

O enterro de Lady Gaga.

SINOPSE DO TEXTO:
”Uma noite. Uma Travesti. Dois homens. E um fato que pode mudar a vida de todos”

Réquiem para Gaga. por Felipe de Moraes.
O teatro é uma arte viva, feita de encontros. Esta peça nasceu do meu encontro com Edgar Cardoso, na sala de ensaio, na carne viva da cena, enfim, na vida. Estávamos em outro projeto, mas essa convivência já começava a construir certo discurso da cumplicidade. Um dia, ele me disse: “tô pensando num lance assim, meio bad romance, pra botar nas Satyrianas”. Pronto: o “Enterro de Lady Gaga”. O texto parece trazer essa força que só floresce nas dramaturgias que habitam esse lugar comum entre o ator e o escritor, entre o texto e a cena, e desses com seu público, numa comunhão festiva de amores perdidos (e encontrados), para além dos gêneros e espécies. Pra amarrar esse laço de abraço: Daniela Stirbulov, gesto e alma.
Gaga é uma comédia “sem vergonha” (cuidado com o hífen), na melhor tradição da chanchada brasileira. Estava lendo um artigo do Prof. Flávio Ribeiro de Moura sobre a presença da mulher na tragédia clássica grega, quando me deparei com a descrição de Clitemnestra e Medéia como “travestis remotíssimos”, já que eram personagens femininas idealizadas e interpretadas por homens (para uma plateia amplamente masculina). Na hora pensei em Oscarito! Decerto uma sinuosidade de pensamento, mas talvez essa seja uma definição possível de arte. Não que tenhamos qualquer veleidade nesse sentido, pelo contrário, prefiro chamar o que fazemos (como os gregos o faziam) de entretenimento inteligente. Nossa Antígona, no melhor estilo baixa Augusta, também enfrenta as forças do destino para enterrar um ente querido, mas sem perder a pose e borrar a maquiagem. E como nas antigas Dionisíacas, onde cada poeta trágico devia apresentar também uma peça satírica que era um tipo de comentário jocoso sobre o tema mesmo das tragédias, nossa pequena criação satyriana entrecruza o trágico e o satírico, o clássico e o pop, a tradição da bagaça e a bagaça da tradição, não para resultar no pastiche anódino pós-moderno, mas para extrair dessas fontes uma potência para a vida. O humor, como esse “espirro da mente”, bota fora do espírito, também pode ser um anticorpo (e bota corpo nisso!) contra a ironia cínica de nossos dias. O resto é macumba pra turista. E viva Ângela Maria!

Links: 

https://www.facebook.com/pages/O-Enterro-De-Lady-Gaga/253647308140368

https://ratoletrado.wordpress.com/2015/05/08/cia-2ss-enterra-lady-gaga-no-season-one-bar/

http://www.guiagaysaopaulo.com.br/1/n--o-enterro-de-lady-gaga-faz-chanchada-transgenero-na-augusta--15-05-2015--1338.htm/

https://www.youtube.com/watch?v=UgUimCo_tSQ&feature=youtu.be

Ficha Tecnica:

Direção e dramaturgia: Felipe de Moraes

Elenco: Alex Carvalho, Edgar Cardoso, Eliot Tosta, Juliana Garcia, Luana Dias e Morgana Ayako.

Coreografia: Luana Dias

Visagismo: Edgar Cardoso

Luz: Ederson Miranda

Som e Foto: Carol Shievenin.

Video: Henrique Paladino

Produção: Cia 2SS.

O enterro de Lady Gaga.

Todos os sabados de JUNHO/2015 no Season One bar (R. Augusta, 520) às 21:30... R$10,00.